Design digital resiste à prostituição de mercado

Vivian Vital

 

No Brasil, segundo pesquisa da Associação dos Designers de Produto, 61% das empresas que contratam design apresentam crescimento e 87% das empresas visualizam o design como investimento. Porém, em conversa com quatro designers, todos disseram que hoje em dia há muitos curiosos que pensam ser capazes de realizar trabalhos por um preço aquém do que os profissionais costumam cobrar.

Lucas Diel -

Designer Lucas Oliveira Diel

O designer do aplicativo Nearbee, Lucas Oliveira Diel, afirma haver “prostituição no mercado, com agências que determinam preços menores do que seria sugerido, e isso acaba afetando também na qualidade do produto final”. A opinião de Diel é compartilhada pelo professor e diretor do curso de design digital da PUC-Campinas, Victor Corte. “Há uma concorrência desleal e práticas de mercado duvidosas”, acentua.

 

Para Corte, o problema são empresas e profissionais que se sujeitam a desenvolver projetos a qualquer custo. “A tentativa é de bater a concorrência no quesito preço”, ressalta. Em sua opinião, “esse tipo de atuação prejudica o mercado e fragiliza a atuação dos designers que trabalham de maneira séria e legitimamente profissional”.

corte -

Professor e diretor do curso de Design Digital, Victor Corte

 

Apesar dessa dificuldade, a área do design tende a crescer ainda mais no Brasil. “Os profissionais de design digital têm se qualificado nos últimos anos com o surgimento de bons cursos nessa área”, pontua o professor, ao salientar que “a profissão acompanha o ritmo de crescimento da internet e das tecnologias de comunicação”.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s