Venda de e-books cresce em 2016, de acordo com pesquisa

Patrícia Junqueira Fagundes

A leitura de e-books pode ser feita através de tablets, computadores e celular

Apesar da queda na venda de livros físicos, os livros digitais no Brasil registraram um aumento em relação ao ano passado. De acordo com o Global E-book Report, relatório da consultoria austríaca Rüdiger Wischenbart, 6,89% do livros vendidos em 2016 eram e-books, em 2015 esse número representava 4,27%.
Segundo a pesquisa o e-books tiveram um aumento de mais de 50% de participação nas unidades vendidas, não englobando produtos educacionais, universitários e técnicos. Além disso, o faturamento desse segmento cresceu em 23% em relação ao ano anterior. Subiu de 2,57% em 2015 para 3,16% em 2016.
Isso contradiz a projeção da Euromonitor feita em 2016, na qual a companhia de pesquisa em mercado prevê uma estagnação no mercado de leitura digital. Baseada na venda de e-readers, a pesquisa revelou que enquanto em 2015 eram vendidos US$ 2,40 milhões em leitores eletrônicos, em 2020 o número estimado seria de US$ 1,1 milhões. Em 2014 foram lucrados US$ 2,30 milhões com e-readers, já em 2010 esse valor era de US$ 0,5 milhões.

Luara Jansons prefere ler os e-books devido ao preço mais acessível e a praticidade

Entre os motivos que explicam o crescimento do interesse das pessoas pelos e-books é o preço baixo e a praticidade. A estudante de jornalismo Luara Jansons conta que prefere ler nesse formato, porque além de mais barato do que o livro físico é muito mais fácil de transportar. ” Você pega o celular e em qualquer lugar dá para você ler alguma coisa, dá para você ler no ônibus, enquanto o livro impresso você tem que carregar na bolsa, se quiser ler três livros, tem que carregar três livros, então pelo celular fica muito mais fácil”, afirma.
Mesmo com o aumento do interesse pelo e-books, a estudante não acredita que as pessoas vão substituir a leitura de livros físicos pelos digitais. “Muita gente que eu conheço gosta só de livros impressos, não conheço quase ninguém que gosta de e-book”, explica.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s